-A ORAÇÃO DIRIGIDA AO DEUS VIVO, SEM MISTICÍSMO

-A ORAÇÃO DIRIGIDA AO DEUS VIVO, SEM MISTICÍSMO

Muito além de Rosa Mágica. Orem diretamente a Deus através de Jesus Cristo. Este  além de morrer, ressuscitou, está assentado a direita de Deus Pai todo poderoso de onde virá para julgar os vivos e os mortos, pois é Senhor e Salvador, inclusive da sua mãe, pois sem Ele, nada podemos fazer!
 
Para quem se Deve Orar? 
Alguém pode mesmo falar com Deus? O que é oração afinal? Existe diferença entre orar e rezar? Orar é falar com Deus. Não existe nada nem mais ninguém que pode ouvir a nossa oração. Por isso, é somente a Deus em nome do Senhor Jesus Cristo que devemos orar. A palavra rezar pode ser utilizado como sinônimo para orar, significando, portanto, a mesma coisa. Porém, é comum identificar oração como um diálogo espontâneo com Deus enquanto que rezar seria repetir uma prece memorizada. 
Verdadeiros Cristãos não acreditam no poder de simpatias, horóscopo, imagens, ídolos, objetos sacralizados como lenços, rosas, copos com água, óleo, amuletos, pé de coelho, ferradura, cartas, búzios, animais, árvores, etc. Assim, não cremos também no poder da oração ou da reza em si. A oração é um meio e não um fim. Cremos no amor e poder de Deus que é com quem falamos quando oramos. Por isso, não oramos para objetos, imagens e pessoas mortas; pois o Apóstolo Paulo escrevendo a Timóteo diz: Porque há um só Deus, e um só mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem... 1 Timóteo 02: 05.
Nós cremos que Deus criou todas as coisas. Assim, nada pode ser maior ou ter mais poder do que Aquele que criou tudo. Nem mesmo os astros como as estrelas, o sol ou a lua. Em vez de acreditarmos nas coisas criadas, nós cremos e oramos para aquele que é o Senhor da criação. E, todas as pessoas podem orar. Orar é falar com Deus. Assim é que nós construímos o nosso relacionamento com Ele. Não existe oração fraca 
e oração forte. Deus ouve toda e qualquer oração a ele dirigida. Ninguém é mais especial do que o outro para Deus. Somos todos pessoas de valor. Podemos conversar com Deus assim como nós conversamos com uma pessoa amiga e de confiança. A diferença é que Deus sempre irá nos compreender profundamente. 
Podemos também orar por outras pessoas. Essa oração nós a chamamos de intercessão. Significa pedir a Deus pelo bem do próximo. Porém, não acreditamos na oração por objetos como chaves, carteira de trabalho, peça de roupa, fotografia, etc. Se lembrarmos o nome da pessoa diante de Deus em oração isso é suficiente. Assim objetos inanimados só são possuídos por espíritos malignos (nunca por pessoas que morreram), quando utilizados na umbanda, macumba etc. Infelizmente “igrejas” ditas “evangélicas”, usam esse expediente pelo fato do ser humano ser místico por natureza; e essa prática atrai milhares de pessoas, as quais são exploradas de todas as maneiras, inclusive financeiramente.
Então, porque colocar a nossa confiança nas coisas criadas se nós podemos falar diretamente com o grande criador? Qual é o sentido em termos mais fé em objetos, imagens, animais, rituais e, até pessoas quando podemos recorrer diretamente a Deus que fez todas as coisas? Jesus foi também exemplo na oração. E, sempre que orava falava com Deus Pai. Você pode orar e falar com Deus agora mesmo. 

Extraído do livreto "Creio não Creio.