-A MEKA DA MAIORIA DOS EVANGÉLICOS NO BRASIL, EM CAMBORIÚ/SC.

-A MEKA DA MAIORIA DOS EVANGÉLICOS NO BRASIL, EM CAMBORIÚ/SC.

 

-A MEKA DA MAIORIA DOS EVANGÉLICOS NO BRASIL, EM CAMBORIÚ/SC.

Ezequiel 34:02-11 e 2ª Pedro 02:03.

Há um tempo um amigo me emprestou um disco DVD, com uma  mensagem do Marcos Feliciano; de um evento que aconteceu na meka acima citada. Interessante foi que ele o entregou em minhas mãos, como se fosse uma preciosidade. Isto me despertou o interesse e fiz questão de assisti-lo até o seu final.

Foram exatamente duas horas da suposta pregação, onde o orador parecia que as veias do seu pescoço iam estourar; num frenesi alucinante. Assisti a aquele espetáculo deprimente, para testemunhar auditiva e visualmente; e ainda exibem isso na TV, como um grande feito. Não me recordo qual foi o tema, porém eu diria que foi nada mais, nada menos do que “demonologia”. Este cidadão com sua voz num tom arrogante e prepotente (para demonstrar autoridade); em suas palavras amarrava demônios com até 25 km. de distância para todos os lados. Gostaria saber por parte dos teólogos pentecostais, me informassem por quanto tempo ficam amarrados esses supostos demônios. Será que por horas, dias, semanas, meses, quem sabe anos! Durante o seu sermão tão longo, diga-se de passagem; não falou outra coisa. Citou-os nominalmente, alguns deles parecia ser mais é palavrão. Fiquei com a impressão de que ele tem muita intimidade com os capetas; pois ainda não vi esses nomes citados na Bíblia. O público era de milhares de pessoas que num histerismo descomunal; uns batiam a cabeça contra a parede, outros chutavam os bancos e ainda outros com gestos os mais absurdos possíveis; num estado aparente de insanidade mental.

Talvez você esteja imaginando que eu sou um cristão tradicional, que desconheço o movimento pentecostal.  Pelo contrário, fui batizado com o Espírito Santo e com fogo, há mais de 40 anos atrás; na minha adolescência. Confesso que durante umas duas semanas fiquei totalmente “embriagado”, obviamente no sentido espiritual; uma experiência inenarrável. Contudo nunca vi algo parecido; entendo que o Espírito Santo é lúcido. Acho muito suspeito o fato de esses pastores não esclarecerem às pessoas símplices  e humildes;  orientando-as, a terem um comportamento sensato e decente nesses momentos.

Aliás, num outro DVD nesse mesmo local de encontro anual; eu vi e ouvi um Pastor veterano que tem toda a minha admiração; (não vou citar o seu nome por questão de ética ministerial);  disse com toda a força dos seus pulmões, dirigindo-se aos pastores que estavam no palco e a multidão presente: “Este povo é manipulável...!”. Ocasião em que o pastor em questão estava presente.

Lí também na internet que um grupo musical de uma seita unicista, estava lá  no mesmo local creio que em outra data; cantando as suas músicas, dando créu, créu... no diabo, fazendo o líder deles gestos obscenos. Também os vi na TV mais recentemente dizendo: três pessoas? eu, você e o fulano de tal; fazendo ironia a trindade divina. (no meu modesto entendimento esse fato é muito grave).

Fico impressionado no pior sentido da palavra, é que esses cidadãos vendem seus CDs e DVDs de mensagens e músicas a preço de ouro; (pois agora com os recursos da tecnologia qualquer pessoa pode gravar). A maioria deles estão milionários. Imaginem se não houvesse pirataria; com certeza eles não teriam mais aonde armazenar tanto dinheiro!!!; (não que eu esteja incentivando ninguém a essa prática)

Já tive contato pessoal com um deles que me mostrou um dos seus relógios de ouro etc.,  dizendo que os ganhou nos lugares por onde pregou; e que os guarda em sua coleção de jóias, confessou. Que coisa horrenda! Serão esses os valores do reino?

Enquanto isso,  imaginem só quantas pessoas e famílias inteiras; passam suas tristes noites, debaixo das pontes e viadutos. Muitos pais que não tem sequer um pão para dar aos seus filhos e que os mesmos muitas vezes, passam parte de suas vidas com fome.

Seria essa prática mercantilista deles Cristianismo? Onde está o amor deles ao próximo?.  

Será que se Jesus estivesse nos dias de hoje entre nós exercendo o seu Ministério, teria ele o mesmo comportamento desses homens gananciosos e insaciáveis? Fica aqui estas perguntas para você refletir!

Portanto como será a prestação de contas deles, quando estiverem frente a frente ao Juiz dos Juízes, diante do Tribunal Divino; no grande e temível dia do Juízo Final. Apocalipse 20:11-15.

Diz o ditado popular, quem avisa meu amigo é!

Pense seriamente nisso!

Em Cristo,

Pb. Ginaldo Américo dos Santos.