-VOCÊ CRÊ NAQUILO QUE VOCÊ NÃO VÊ?

-VOCÊ CRÊ NAQUILO QUE VOCÊ NÃO VÊ?

 

Eliseu, o profeta, pediu a Deus em favor de seu ajudante, o seguinte:

“Senhor, abre-lhe os olhos, para que veja que mais são os que estão conosco do que os que estão com eles”.

Jesus perguntou a Seus discípulos quando estava sendo preso:

“Ou não crêem que se eu pedisse meu Pai não enviaria legiões de anjos?”

Também é Jesus quem diz:

“Eu vi Satanás cair do céu como um relâmpago!”

E diz mais:

“Em verdade vos digo que os anjos dos pequeninos vêem a face de meu Pai, em favor deles, de dia e de noite”.

E, na mesma toada, vêm dezenas de outros textos, tanto da Antiga Aliança quanto da Nova, todos garantindo que entre nós e o que vemos, existem milhares de forças e poderes que não vemos.

Desse modo, percebemos apenas uma porção extremamente pequena da realidade. E digo não apenas acerca da realidade que vemos [da qual somos quase totalmente ignorantes], mas, sobretudo, da realidade invisível, a qual somente pode ser acessada pela fé, e que é muito mais lotada de vida do que o mundo que vemos.

Eu sei que estou sendo visto o tempo todo. Visto por anjos, demônios e muitas criaturas que não vejo. Não as vejo, mas sei que existem; e sei que me conhecem...

Para não irmos muito longe..., basta dizer de modo reduzido que Jesus e Paulo viam muito mais o mundo que não se vê do que o mundo que se vê.

Ora, quem perde esse sentido das coisas..., mas insiste em dizer que vê, se assemelha a um cego que se oferece para dar aula em classe de cirurgia oftalmológica.

Não é possível ler o Novo Testamento é continuar não aceitando que a fé em Jesus é cheia de seres invisíveis, de lutas, de confortos e de socorros espirituais.

Quem pensa que lida apenas com o que se vê faz-se presa fácil de tudo o que existindo não se vê.

Daí Paulo dizer que nossa luta maior não é contra o que se vê, mas contra o que se não vê, e que se manifesta de modo perversamente organizado no mundo, na forma de Principados, Potestades, Poderes, Tronos, e Soberanias diversas...

Mas a maioria prefere crer que o mundo é feito, em seus maiores poderes, de Osamas e Obamas...

Não! Os Osamas e os Obamas são apenas pequenos coadjuvantes em uma trama muito mais sofisticada, para qual ambos estão igualmente cegos...

Ah, quem dera nossos olhos se abrissem para vermos tudo o que está rolando nas regiões invisíveis...

Então, veríamos como nossas ações, pensamentos, eleições de importância, causas, valores, significados, etc. — repousam sobre muito do engano que nos é administrado por tais poderes espirituais.

Eu ousaria dizer que se os nossos olhos se abrissem talvez percebêssemos que 99% do que chamamos de importante sejam apenas imposições do mundo dos manipuladores espirituais.

A grande especialidade desses seres, quando são hostis, é distrair a nossa existência em relação ao que seja o real sentido de viver.

Ora, Jesus disse que eles não somente influenciam, mas também disse que eles podem habitar mentes e possuir pessoas, que, pela entrega, tornam-se um com tais forças...

É por esta razão que o convite é para que se ponha o capacete da salvação, se vista a couraça da Justiça de Jesus, se calce os pés com o Evangelho da paz, se empunhe a espada do Espírito, que é a Palavra de Deus, e que se tenha sempre o escudo da Fé, com qual se pode apagar as setas inflamadas e envenenadas desses poderes hostis; e isso sempre vestindo a verdade como roupa intima do ser.

Quem não tiver tais percepções não sobreviverá nos dias maus que se avizinham do mundo.

 

Nele, que nos ordenou que andássemos vigilantes,

 

Pr. Caio Fabio.